As vezes, no universo de tanta literatura, fica dificil escolher qual o melhor guia para o nosso aprendizado para a vida profissional. Pensa...

Cinco livros para Fisioterapeuta que trabalha com Respiratória



As vezes, no universo de tanta literatura, fica dificil escolher qual o melhor guia para o nosso aprendizado para a vida profissional.

Pensando nisso, separei cinco livros que abrange todo universo da Fisioterapia Respiratória, inclusive para emergência em hospitais.

Se você tiver alguma recomendação/critica/sugestão, é só colocar no campo dos comentários que eu acrescento ao post.

Guia de Ventilação Mecânica para Fisioterapia

Guia de Ventilação Mecânica para Fisioterapia

Saiba mais sobre o livro

Este é livro-texto do curso de Ventilação Mecânica para Profissionais da saúde, especificamente voltado para Fisioterapia.

O curso é ministrado no Centro de Ensino, Treinamento e Simulação do Hospital do Coração, São Paulo. Dirige-se para Fisioterapia de UTI, objetivando sua didática, o estudo direto, sintético e eminentemente prático. 


ABC da Fisioterapia Respiratória

Livro - O ABC da Fisioterapia Respiratória

Veja mais sobre esse livro

Este livro foi elaborado para fornecer aos estudantes e profissionais da área conceitos básicos e essenciais para um atendimento eficiente, apresentando informações sobre os diversos recursos instrumentais em fisioterapia, técnicas passivas e ativas de desobstrução brônquica, ventilação mecânica invasiva e não-invasiva, reabilitação pulmonar e cardiovascular, biossegurança, traqueostomia, reabilitação cardiovascular, além de algumas diretrizes que regulamentam a prática profissional. Além disso, a obra discute a humanização no atendimento fisioterapêutico ambulatorial e domiciliar, de ex-trema importância no atendimento a pacientes de todas as especialidades. O CD-ROM que acompanha o livro traz as imagens contidas em cada capítulo e possibilita o uso em sala de aula.

Fisioterapia em UTI

Livro - Fisioterapia em UTI

Veja mais sobre esse livro

Fisioterapia em UTI acompanha as transformações que se verificam nos conceitos e na prática das Unidades de Terapia Intensiva, e que possibilitaram uma queda da mortalidade dos pacientes críticos.


Fisioterapia Intensiva

Livro - Fisioterapia Intensiva

Veja maiores informações sobre esse livro

Essa obra reúne, em seus dez capítulos, um conteúdo fundamental para o fisioterapeuta exercer a sua profissão nas Unidades de Terapia Intensiva. Ela inicia com questões ético-profissionais e humanistas deste ambiente e de sua equipe multidisciplinar, passando pelas bases fisiológicas essenciais para a manutenção da vida, e pelos exames de rotina e fisiofuncionais utilizados neste setor pelo Fisioterapeuta, destacando o exame de Oscilações Forçadas, que pela primeira vez recebe um subcapítulo em uma edição brasileira.

A publicação ainda conta com uma série de três capítulos sobre Pneumointensivismo, Cardiointensivismo e Neurointensivismo, demonstrando uma nova visão e linguagem adaptada para a formação desra recente especialidade da Fisioterapia. O conteúdo foi elaborado com a colaboração de 27 profissionais, entre eles: Fisioterapeutas, Médicos e Engenheiros Biomédicos. 


Guia de Urgência e Emergência para Fisioterapia

Guia de Urgência e Emergência para Fisioterapia

Veja mais sobre esse livro

Guia de Urgência e Emergência para Fisioterapia tem como texto o Curso de Simulação Aplicada à Fisioterapia em Emergências - SAFE, com o objetivo de promover treinamento e ensino baseado em simulação para fisioterapia em emergência, no qual técnicas e procedimentos fisioterápicos são desenvolvidos em ambiente que recria diversas situações de urgência e emergência, nas quais a atuação do fisioterapeuta é de relevante contribuição ao tratamento e abordagem multidisciplinar segura e ética ao paciente.

A simulação aplicada ao ensino em saúde consiste em um método designado a substituir experiências de pacientes reais por experiências orientadas, reproduzidas artificialmente em cenários ou manequins, evocando aspectos do mundo real de maneira interativa. A educação continuada e o treinamento associado à simulação em saúde permitem criar novos métodos de aprendizado, sem colocar os pacientes sob risco, contribuindo para melhoria da qualidade assistencial. O curso é fruto da parceria científica entre Centro de Ensino, Treinamento e Simulação - CETES-HCor e Instituto Paulista de Treinamento e Ensino - IPATRE.

A coluna vertebral pode sofrer alterações em seu alinhamento anatômico, assumindo formas em C ou em S. Desde a infância pode-se observ...

Escoliose pode comprometer a capacidade pulmonar


http://www.einstein.br/blog/PublishingImages1/blog-350-300-escoliose.jpg

A coluna vertebral pode sofrer alterações em seu alinhamento anatômico, assumindo formas em C ou em S. Desde a infância pode-se observar o início das alterações das curvaturas e durante a adolescência elas pioram bastante devido ao crescimento acelerado e desordenado, a fase do estirão. Se não tratadas, essas alterações podem evoluir até a idade adulta, o que pode ocasionar algumas consequências para o paciente. 

Essas curvaturas são conhecidas como escoliose e trata-se de uma doença que pode ter um comprometimento severo não apenas do ponto de vista estético, mas também funcional, prejudicando a qualidade de vida do indivíduo. Na maioria dos casos, ela não tem uma causa conhecida, é uma alteração genética. Pode também ser provocada por doenças neurológicas, reumatológicas e traumas. 

A escoliose acomete principalmente as regiões torácica e lombar da coluna vertebral. Na região torácica, a coluna se articula com as costelas, formando o que chamamos de caixa torácica. Dentro da caixa torácica estão "guardados" os pulmões e o coração, órgãos de importância vital. Nos casos em que a angulação da escoliose é muito grande, ou seja, mais de 50 graus, pode acontecer uma compressão desses órgãos, dificultando a expansão e comprometendo a capacidade pulmonar. 

As alterações musculares e ósseas envolvendo vértebras e costelas na escoliose comprometem a mecânica dos movimentos respiratórios. Os pacientes referem dores e desconfortos como um cansaço e dificuldade respiratória. Pequenos movimentos da vida diária como subir escada, carregar uma sacola de compras, cuidar de criança, lidar com animais de estimação são executados com dificuldade, precisando ser interrompidos como uma pausa para descanso. 

Os casos de menores angulações podem receber tratamento conservador como o uso de colete e fisioterapia. Na fisioterapia, exercícios específicos para a coluna escoliótica e técnicas como a Reeducação Postural Global - RPG Souchard atuam sobre os músculos que estão comprometidos com a escoliose e por meio de alongamentos específicos desses músculos, a curvatura é amenizada, o que deixa os pacientes bastante satisfeitos com os resultados do tratamento. 

Mesmo sendo uma doença causada por fatores genéticos (na maioria dos casos), o tratamento conservador proporciona resultados positivos com melhora da escoliose ou pelo menos impede a evolução da doença, que tende a se complicar progressivamente se não for tomada nenhuma atitude profilática. 

Os indivíduos com escoliose de grande angulação precisam ser tratados cirurgicamente quando a curvatura está pondo em risco o bom funcionamento dos pulmões e do coração ou se o paciente estiver muito insatisfeito esteticamente. A intenção cirúrgica é de alinhar a coluna, diminuindo a angulação da escoliose. Para isso são usadas pequenas estruturas metálicas que fixam as vértebras entre si. 

A fisioterapia respiratória também entra como uma importante aliada ao tratamento dos casos mais graves de escoliose, pois atua de forma direta na expansão pulmonar estimulando o bom funcionamento dos músculos respiratórios, proporcionando sensações de bem estar e mais disposição física ao indivíduo. 

Faça Fisioterapia