Indicações e Contra-indicações da Ventilação Mecânica Não Invasiva









A Ventilação Mecânica Não Invasiva (VMNI) surge como alternativa de suporte ventilatório adequado sem o trauma físico e psicológico associado a entubação endotraqueal, usada com sucesso no tratamento da insuficiência respiratória aguda

Geralmente, as indicações para o uso da VMNI no ambiente hospitalar são:

- Pacientes portadores de insuficiência respiratória aguda hipercápnica;
- Doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC);
- Doenças pulmonares restritivas;
- Insuficiência respiratória aguda hipoxêmica de diferentes etiologias;
- Pacientes considerados de alto risco para o desenvolvimento de insuficiência respiratória aguda, como os imunossuprimidos;
- Insuficiência cardíaca congestiva;
- Desmame da ventilação invasiva;
- Edema agudo pulmonar cardiogênico;
- Pós-operatórios tóraco-abdominais;
- Pneumonias;
- Hipoventilação pulmonar.

Segundo Azeredo (2002) e Knobel (1999), as contra-indicações incluem:

As absolutas:
 
- Parada cardiorrespiratória;
- Necessidade de intubação traqueal;
- Paciente não colaborativo;
- Pós-operatório recente facial,
- Esofágico ou gástrico;
- Trauma craniofacial;
- Hipoxemia ou hipercapnia refratária;
- Instabilidade neurológica;
- Redução do nível de consciência;
- Alterações anatômicas da nasofaringe;
- Hemoptíase e epistaxe maciça;
- Pneumotórax não drenado.

As contra-indicações relativas são:

- Ansiedade extrema;
- Obesidade mórbida;
- Hipersecreção pulmonar;
- SARA (Síndrome da Angústia Respiratória Aguda) com hipoxemia grave;
- Instabilidade cardiovascular e hemodinâmica.

Segundo o Consenso de Ventilação Não Invasiva com Pressão Positiva (1997), os critérios de seleção para se indicar a ventilação não invasiva aos pacientes devem incluir pelo menos dois dos descritos abaixo:

- desconforto respiratório com dispneia moderada ou severa, uso de musculatura acessória, respiração paradoxal
- pH menor que 7,35 e Pressão Parcial Arterial de Gás Carbônico (PaCO2 ) maior que 45 mmHg
- Frequência Respiratória (FR) maior que 25 rpm (no adulto).

A Fisioterapia Hospitalar tem várias formas de atuação e a Ventilação Mecânica Não Invasiva é uma delas. Para saber mais sobre essa área de atuação da Fisioterapia e ter um GUIA COMPLETO falando sobre vários aspectos, clique aqui e conheça o Ebook de Fisioterapia Hospitalar Completo.

Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.