Curiosidades e dicas para rinite alérgica


>




Cerca de 30% da população sofre algum tipo de alergia, de acordo com a Associação Brasileira de Alergia e Imunopatologia (Asbai). Um deles é a rinite alérgica, que pode levar a complicações como otites, sinusites, roncos, respiração bucal e alterações na posição dos dentes, além de piorar as crises de asma. Para saber mais sobre a doença, como sintomas e formas de tratamento, confira abaixo 13 curiosidades e dicas listadas pelo otorrinolaringologista Julio Miranda Gil, membro da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico Facial (ABORL-CCF).

1) Os principais sintomas são coriza, espirros, coriza hialina (secreção transparente) e obstrução nasal. Ainda pode-se observar lacrimejamento, perda do olfato e do paladar, halitose, tosse;

2) Durante uma crise, algumas pessoas sofrem com irritação nos olhos porque a mucosa que envolve o nariz e os seios da face se comunica com a dos olhos;

3) A rinite é dividida em dois grupos: alérgica e não-alérgica. O mais comum nos casos crônicos é a alérgica;

4) A rinite alérgica é uma inflamação da mucosa do nariz e dos seios da face com a presença de eosinófilos (um tipo de glóbulo branco) e IgE (um tipo de imunoglobulina);

5) A não-alérgica pode se apresentar de muitas formas, porém sempre com a mesma inflamação da mucosa, presença de neutrófilos (em vez de eosinófilos) e ausência do aumento de IgE;

6) Existem a patologia alérgica sazonal (com manifestação de sintomas por menos de quatro dias na semana) e a persistente (sintomas presentes por mais de quatro dias na semana). Pode ser dividida também em leve (quando os sintomas atrapalham, mas não incomodam tanto durante o sono, atividades diárias, lazer e esporte, escola ou trabalho) e moderada a severa (quando os sintomas atrapalham muito);

7) A rinite alérgica não é contagiosa. Normalmente, existe uma história familiar, ou seja, é hereditária. Por exemplo, quando os pais têm, o filho apresenta 80% de chance de desenvolvê-la. Pode ainda estar relacionada com baixo nível socioeconômico, como condições precárias de moradia;

8) Há várias substâncias que desencadeiam a rinite alérgica. As mais comuns são ácaros, fungos, pólen, saliva, resíduos de insetos e secreções de cães e gatos. Poluentes e tabaco também deixam o nariz mais sensível;

9) A prevenção consiste em detalhes como retirar de casa tapetes, carpetes, cortinas, bichos de pelúcia. Nunca passe vassoura e, em seu lugar, use pano úmido ou aspirador. É preferível não ter animais de estimação e, se isso for impossível, dê banhos semanais neles. Durma com edredom em vez de cobertor. Esqueça as roupas de lã e dê lugar às de materiais sintéticos ou algodão;

10) A lista de opções de tratamento conta com lavagem nasal com soro fisiológico, sprays nasais de corticoide, anti-histamínicos orais ou nasais, antileucotrienos, corticoides orais e vacina sublingual ou subcutânea;

11) Pacientes que têm rinite e desvio de septo costumam se queixar mais de nariz entupido do que os outros e talvez precisem de cirurgia para correção. Outras alterações anatômicas podem predispor a sinusite crônica e de repetição quando associadas à rinite alérgica;

12) Quem tem rinite e trabalha em um escritório com ar-condicionado deve realizar, ao menos duas vezes ao dia, lavagem do nariz com soro fisiológico, além de tomar cuidado com variações bruscas de temperatura. Outra dica é manter recipientes com água espalhados pelo ambiente com o intuito de evitar que o ar fique muito seco;

13) A sinusite alérgica pode ser causada pelo quadro de rinite e, a bacteriana crônica, por uma rinite que não foi tratada adequadamente (quando ocorre um acúmulo de muco nos seios da face, colonizado por bactérias).

Fonte: Terra

Você não pode perder:

Atualizações em Reabilitação Cardiopulmonar
eBook de Fisioterapia Hospitalar Completo
Drive Virtual de Fisioterapia

Share on Google Plus

About ADMIN

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment