Sintomas e recomendações no Enfisema Pulmonar







É uma doença crônica, na qual os tecidos dos pulmões são gradualmente destruídos, tornando-se hiperinsuflados (muito distendidos).  Esta destruição ocorre nos alvéolos, onde acontece a troca gasosa do oxigênio pelo dióxido de carbono.

O pior sintoma que o enfisema pulmonar pode dar é a falta de ar, que aumenta muito, à medida que a doença se agrava. Respiração ofegante com chiado, tosse, sensação de sufoco, também acompanham. Os pulmões se tornam menos eficientes e o peito adquire uma forma cilíndrica, característica da doença.

Nos estágios avançados da doença, a pessoa fica impossibilitada de executar até mesmo atividades físicas insignificantes e pode necessitar de oxigênio suplementar. Nesses casos, o enfisema pode ser fatal.

Tratamento: Deixar de fumar, antibioticoterapia, fisioterapia e possível transplante pulmonar.

Algumas recomendações:

- Não fume. A suspensão do fumo impede a progressão da doença, porém não reverte o processo. Os danos aos alvéolos são permanentes e os sintomas do enfisema permanecem. 

- Execute as tarefas enquanto estiver expirando. Respire com os lábios contraídos (posição de assobio), deixando apenas uma passagem pequena para o ar. Inale pelo nariz. 

- Expire vagarosamente e com firmeza.

- Descanse quando sentir falta de ar.

- Inale oxigênio suplementar sempre que necessário.

- Estabeleça prioridades. Você não pode executar tudo como antes da

Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.