Maior quantidade de atividade física diminui declínio da função pulmonar em fumantes








Quantidade moderada a elevada de atividade física regular está associada com menor declínio da função pulmonar entre fumantes e ajuda a moderar seu risco de desenvolver doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), de acordo com um amplo estudo retrospectivo.

Judith Garcia-Aymerich, M.D., Ph.D., do Center for Research in Environmental Epidemiology no Institut Municipal d'Investigació Mèdica em Barcelona, Espanha, e quatro associados avaliaram a atividade física, histórico de fumo, e função pulmonar de 6.790 pessoas acima de 11 anos. Os pesquisadores excluíram indivíduos com DPOC no começo do estudo.

"Antes do nosso estudo, a extensão pela qual atividade física regular poderia reduzir o risco de desenvolver DPOC não era conhecida, mas tanto estudos epidemiológicos e experimentais indiretamente suportavam essa hipótese," disse Dr. Garcia-Aymerich.

A DPOC é a quarta principal causa de morte nos Estados Unidos, matando 122.283 americanos em 2003. Isso resulta de bronquite crônica e enfisema, duas doenças pulmonares que coexistem freqüentemente e causam a obstrução ao fluxo de ar que interfere com respiração normal. Fumar é a principal causa de DPOC.

Durante os 11 anos de estudo, 928 pacientes desenvolveram DPOC. De acordo com os autores, a redução de DPOC entre fumantes devido à quantidade moderada a alta de atividade física foi de 21% de casos novos potenciais.

Os investigadores atribuem esse declínio de novos casos ao exercício regular, que suprime a produção de marcadores inflamatórios nos pulmões causado por fumo, e reduz a patogênese da DPOC.

Até agora, as únicas opções de fumantes para diminuir o declínio da função pulmonar incluíram parar de fumar e reduzir a exposição ocupacional ao fumo. Além disso, Dr. Garcia-Aymerich e colegas acreditam que suas descobertas podem oferecer a fumantes uma alternativa importante.

"A interação entre atividade física e fumo deve ser levada em conta quando se faz projeção das conseqüências futuras da sua doença respiratória," disse Dr. Garcia-Aymerich.


Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.