Programa de reabilitação pulmonar










Por muitos anos, o padrão de cuidados a pacientes pulmonares incluíam inatividade e descanso. O programa de reabilitação pulmonar encoraja exatamente o oposto e tem como objetivo melhorar a qualidade de vida dos pacientes, diminuir a dispnéia (falta de ar), resgatar a integração social, promovendo condicionamento físico e estimulando a máxima independência nas atividades de vida diária e retorno à atividade produtiva e/ou lazer.

Estudos recentes têm demonstrado os benefícios da reabilitação pulmonar, pois envolvem os pacientes ativamente nos cuidados com sua própria saúde. Os programas têm sido desenvolvidos baseados na prevenção, na terapêutica e nos princípios de utilização de técnicas específicas de treinamento e estratégias para aumentar a capacidade física.

A reabilitação pulmonar tem como alvo os pacientes portadores de doenças pulmonares obstrutivas crônicas (como o enfisema, a bronquite crônica e a asma brônquica), além de pacientes com problemas restritivos) como os portadores de doenças neuromusculares, fibrose pulmonar e cifoescolioses).

O programa de reabilitação pulmonar consiste em um período de avaliação que contará com as seguintes etapas:
Teste de caminhada de 6 minutos
Avaliação de força dos músculos respiratórios
Medida de pico de fluxo expiratório;
Ventilometria;
Avaliação da oximetria nas atividades de vida diária;
Teste incremental de membros inferiores (MMII) para determinar a carga de treinamento;
Teste de endurance de MMII
Teste incremental de membros superiores (MMSS)
Avaliação da qualidade de vida (Questionário St Georges)
Avaliação nutricional;

Após essa avaliação os pacientes são submetidos a um período de treinamento, realizado três vezes por semana durante três meses.

O programa inclui treinamento aeróbio em esteira ergométrica (com auxílio de oxigenoterapia se necessário), exercícios de fortalecimento de MMSS e MMII, alongamentos, aulas individualizadas sobre a utilização e a importância do exercício no processo de reabilitação, orientação quanto a técnicas de conservação de energia e utilização correta de medicamentos inalatórios.

Todas as sessões são realizadas com o paciente monitorado.

Ao final do programa são reavaliados e recebem, assim como seu médico, relatório comparando os resultados iniciais e finais.

A divulgação dos resultados do Programa de Reabilitação Pulmonar do HIAE já nos rendeu 5 trabalhos apresentados em congressos de relevância, em particular dois no exterior, no ATS (American Toracic Symposium).
Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.