Bronquite em bebês








A bronquite é a inflamação das principais vias respiratórias que vão aos pulmões, como são os brônquios. É uma inflamação que produz muita tosse e expectoração em crianças.

Se a bronquite é de curta duração, diz-se que é aguda, enquanto que se é de longa duração e recorrente, chama-se bronquite crônica. Os bebês e crianças pequenas têm maior risco de bronquite durante seu desenvolvimento, se seus pais fumam, ou se têm uma doença cardíaca ou pulmonar adjacente.

Para a bronquite aguda, menos grave, não é necessário tomar medicamento, já que ela tende a ser curada em uma semana espontaneamente. O indicado nestes casos é tomar bastante líquido, repousar, utilizar inalador e evitar poluição e fumaça de cigarro. O médico deve sempre ser procurado para avaliar se há febre e o que pode ser ministrado nestes casos.

Já para a bronquite crônica, o tratamento se dá por meio de antibiótico. Muito líquido também é recomendado. Se a tosse for seguida de secreções ela não deve ser inibida com medicamentos para que o muco não se concentre nos pulmões.

Quando os pais do bebê são fumantes, os riscos podem aumentar. Para ser diagnosticada a bronquite crônica, é necessário apresentar os sintomas na maioria dos dias durante três meses.

Além da fumaça do cigarro, outros fatores podem agravar a bronquite, como a poluição do ar e alergias.

A bronquiolite ocorre quase da mesma forma que a bronquite. Mas, no caso de bronquiolite, geralmente são os canais menorzinhos de ligação com os pulmões que ficam obstruídos pelo muco.

Essas pequenas vias respiratórias afetadas na bronquiolite se chamam bronquíolos.

É bem mais comum que os bebês novinhos tenham bronquiolite do que bronquite. Nos menores de 6 meses, a bronquiolite pode ser bem perigosa e precisa de acompanhamento e tratamento o quanto antes.

A bronquiolite viral é a principal causa de internação de bebês com menos de 6 meses em UTI pediátrica por doença respiratória -- associada ou não a pneumonias.

A passagem do ar fica mais difícil e os sintomas da bronquiolite também são parecidos com o da asma.

De maneira resumida, pode-se dizer que a bronquite é um termo mais genérico para um processo inflamatório de qualquer causa nos grandes ou pequenos brônquios e que pode aparecer em qualquer faixa etária.

Já a bronquiolite é um processo inflamatório mais específico de pequenos brônquios ou bronquíolos, geralmente em crianças com menos de 1 ano de idade. Quase sempre é viral, podendo levar a quadros mais graves de insuficiência respiratória, a depender do vírus em questão e da idade do bebê.

A bronquite nos bebês assusta os pais e deixa as crianças com muita tosse e às vezes febre. Vale lembrar que devido à fragilidade do bebê, o especialista deve ser consultado para fazer a avaliação real do quadro. Não é indicado ministrar medicamentos por conta própria.

Gostou o texto? Nos siga nas redes sociais: Instagram, Facebook e Twitter

Quer anunciar neste blog?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui

Quer sugerir uma pauta?
Mande uma mensagem no Whatsapp clicando aqui ou um email clicando aqui

Tenho indicações para você apofundar seus estudos em Cardiologia. Espia só:
  • Sistema Cardiovascular: anatomia e fisiologia
  • Curso de Eletrocardiograma Básico
  • Drive Virtual de Fisioterapia na Cardiologia
  • Curso Online de Fisioterapia Aplicada à Cardiologia


  • Poste um Comentário

    Tecnologia do Blogger.