Atuação da fisioterapia em paciente com síndrome neuroléptica maligna (SNM). Estudo de caso.


>



Atuação da fisioterapia em paciente com síndrome neuroléptica maligna (SNM). Estudo de caso.

Autores: Gleisson Ribeiro Dutra
Luciano Moreira Rocha
Marcelo Henrique de Oliveira Ferreira


A síndrome neuroléptica maligna (SNM), inicialmente conhecida como rara complicação do uso dos antipsicóticos, foi descrita pela primeira vez na literatura francesa em 1960 por Delay, Pichot, Lemperiere1 e na literatura inglesa em 1968 por Delay e Deniker2, consiste de reação idiossincrática a agentes neurolépticos, provavelmente relacionada a bloqueio dos receptores dopaminérgicos nos gânglios da base, sendo por isso também conhecida como síndrome da deficiência aguda de dopamina3. Este estudo relata o caso de um paciente do gênero feminino, 31 anos de idade, admitida no CTI adulto da Santa Casa de Misericórdia, escala de Glasgow 6 evoluindo com confusão mental, rebaixamento do nível de consciência, paciente em tratamento neurológico, sendo acompanhado pelo médico psiquiatra, fazendo uso de antipsicóticos com diagnóstico de SNM.

Saiba mais clicando aqui
Atuação da fisioterapia em paciente com síndrome neuroléptica maligna (SNM). Estudo de caso. Atuação da fisioterapia em paciente com síndrome neuroléptica maligna (SNM). Estudo de caso. Revisado by ADMIN on 14:41 Nota: 5