Dicas de atividades para ex-fumantes melhorem capacidade respiratória


>



http://1.bp.blogspot.com/-EFsfk7ISgl0/UNBr9DW5SnI/AAAAAAAABo0/XOMSy6VllBg/s1600/cancropulmao.jpg

O tabagismo é o fator de risco mais importante, causando 85% dos casos da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), mesmo ela podendo ser prevenida e controlada com algumas medidas simples, como parar de fumar e iniciar atividades físicas diárias.O problema atinge pessoas principalmente acima de 40 anos e causa falta de ar excessiva, fadiga muscular e insuficiência respiratória, resultando em graves prejuízos à qualidade de vida dos pacientes.

A DPOC é uma doença respiratória crônica caracterizada por alterações pulmonares que causam a obstrução das vias aéreas e destruição do tecido pulmonar, dificultando a respiração.  Segundo a Organização Mundial da Saúde, a doença afeta 210 milhões de pessoas no mundo e estima-se que será a terceira principal causa de morte em 2020. Costuma-se achar que ela só afeta pessoas muito idosas, mas também pode ser identificada na população jovem, que inicia tabagismo cada vez mais cedo.

As pessoas que devem ficar alertas ao surgimento da doença são principalmente os fumantes que começam a desenvolver tosse e falta de ar progressiva. É uma falta de ar que no começo a pessoa tem só quando faz grandes esforços e depois até mesmo quando faz pequenos esforços. Por isso, o tratamento é importante porque, primeiro, melhora a qualidade de vida, ou seja, reduz os sintomas. Segundo, aumenta a sobrevida, sendo que os doentes que tomam a medicação vivem mais do que aqueles que não tomam. Terceiro, reduz drasticamente a necessidade de internação.

Fisioterapia pulmonar ajuda ex fumantes a recuperar a saúde

Os fumantes devem se empenhar em parar de fumar e, se necessário, procurem tratamento para parar. O check-up deve ser anual, pois a doença se desenvolve silenciosamente e a longo prazo, cuja prevalência aumenta a partir dos 50 anos de idade.

Alguns exercícios:

Respire profundamente. Você pode aumentar a quantidade de ar que seus pulmões conseguem absorver em um curto período de tempo, sem um investimento a longo prazo em exercícios ou treinamento. O truque é respirar profunda e regularmente. Expire completa e lentamente. Pratique algumas vezes antes de começar. Não deixe que sobre nenhum ar em seus pulmões. Isso permite que você inspire mais ar na próxima respiração.


Exercite-se na água. Exercitar-se na água irá adicionar um elemento de treinamento de resistência ao seu regime. Seu corpo terá que trabalhar mais para fornecer oxigênio suficiente para seu sangue, fazendo disso um bom exercício pulmonar.

Desenvolva uma rotina de alongamento e levantamento de pesos para fora da água. Certifique-se de compensar o fato de que os pesos irão parecer um pouco mais leves quando estiverem na água. PRatique esta rotina por alguns dias até estar confortável com tudo.

Vá para a água. Mergulhe até o pescoço e faça os exercícios enquanto estiver submerso. Pode parecer que você não está fazendo absolutamente nada para ajudar, mas não se preocupe. Devido à mudança do sangue em sua cavidade peitoral e a compressão do seu corpo, você terá que respirar menos e mais rápido quando se exercita na água. Pesquisas indicam que a sua capacidade pulmonar será cortada até 75% durante esse tempo e seu corpo tentará compensar isso. Se seus exercícios aquáticos durarem tempo o suficiente e você fizé-los regularmente, seu sistema respiratório ficará mais eficiente, aumentando a sua capacidade respiratória.

Participe de atividades cardiovasculares rigorosas. Exercitar-se é uma ótima maneira de aumentar a capacidade respiratória. Por pelo menos 30, leve seu corpo à exaustão para que seus pulmões trabalhem pesado. Esse trabalho irá compensar, dando a você uma melhor capacidade respiratória.

Tente aeróbica. Você pode se surpreender com a capacidade respiratória que você pod edesenvolver fazendo pequenas séries de um treino intenso.
Ande de bicicleta. Apimente sua rota com subidas. Subir ladeiras significa que seu corpo precisa bombear um pouco mais de sangue para suas pernas; seus pulmões fornecem oxigênio para o sangue.

Corra. Corra em uma pista ou em uma esteira para ser gentil com seus joelhos e articulações. Acelere de vez em quando para se certificar de que seus pulmões estão tendo um trabalho extra.

Natação. O melhor esporte para melhorar sua saúde cardiovascular. Em seu auge, os pulmões dos nadadores utilizam o oxigênio três vezes mais eficientemente do que uma pessoa comum.

Adquira resistência. Seus pulmões irão responder ao seu treinamento, então adicione um treino de resistência à sua rotina e veja sua capacidade pulmonar aumentar.

Respire normalmente pelo nariz. Respire profundamente. Solte o ar pela boca com seus lábios levemente fechados. Abra eles apenas o suficiente para que um pouco de ar possa sair e com resistência. Tente fazer isso com tanta frequência quanto possível. Isso faz com que os alvéolos em seus pulmões se acostumem mais a segurar o ar por mais tempo, esticando-os.

Outra maneira de conseguir fazer isso seria enchendo bexigas. Enquanto você estiver caminhando, fazendo as coisas de casa ou tiver um tempo livre, pratique encher uma bexiga e deixá-la secar. Faça isso repetidas vezes; você deve notar que a habilidade de soprar mais ar ficou mais forte e dura mais.

Respire mais do que seu cérebro acha que você pode. Seu cérebro, claro, se preocupa com a segurança do seu corpo e não gosta de forçá-lo ao limite. Mas o corpo pode fazer coisas maravilhosas quando o cérebro é persuadido a acreditar que tudo está bem. Certifique-se de fazer isso.

Contando até oito, respire até que seus pulmões se encham completamente. Depois de cada contagem você deve conseguir respirar um pouco mais de ar.
Nas próximas oito ou dezesseis contagens, inspire pequenas quantidades de ar. Sinta sua barriga se expandindo. Você não deve sentir seus ombros se movendo.
Segure a respiração por alguns segundos e solte com força.

Depois que você se sentir "vazio", faça um som de "tsssss" o máximo que puder (este processo imita a resistência de se tocar um instrumento de sopro).
Pratique periodicamente. Quando você treina seu cérebro para forçar os limites do corpo, sua ingestão de oxigênio irá aumentar.

Toque um instrumento de sopro. Tocar um instrumento de sopro é uma ótima maneira de dar aos seus pulmões um exercício regular e se divertir fazendo música.

 
Dicas de atividades para ex-fumantes melhorem capacidade respiratória Dicas de atividades para ex-fumantes melhorem capacidade respiratória Revisado by Faça Fisioterapia on 09:29 Nota: 5